Loading...

© Aldara Bizarro

© Aldara Bizarro

ESTREIA
Aldara Bizarro [PT]
Gráfico do Gesto
Que parâmetros servem para medir um gesto? Os canhotos fazem os gestos todos à esquerda ou deixam alguns para fazer com a mão direita? Assinar uma petição é um gesto? Propagação, pode ser uma variável para medição do gesto? E a amplitude? Pode-se medir em metros? Pode-se medir a área exata do gesto? A área que o gesto ocupa, precisamente? Pode-se pensar numa escala para medir o gesto? Quando se faz o mesmo gesto repetidamente faz-se sempre da mesma forma? Os tiques são gestos? Há gestos que são pensados? Há gestos que precisam de ser ensaiados? Um punho fechado numa manifestação é a mesma coisa que um punho fechado quando se está a descansar na praia ou se está numa sala de aula? O contexto onde o gesto se realiza pode alterar o seu significado? O gesto está relacionado com a ação? O gesto é ação?
O gesto faz parte da definição de uma pessoa?

Aldara Bizarro integrou o programa da primeira edição do festival Danças na Cidade em 1993. Nos últimos anos, tem vindo a desenvolver trabalho maioritariamente direcionado para públicos jovens. Gráfico do Gesto, cujo processo de criação teve a colaboração de alunos e professores da Escola Artística António Arroio, reflete sobre a composição gráfica, dimensão e relevância do gesto, questionando a sua presença em várias situações sociais, públicas ou privadas.


Comprar Bilhetes

26–27 maio


sábado e domingo → 16h

Espaço de apresentação
São Luiz Teatro Municipal
Sala Mário Viegas

Duração
aprox. 60 min

Preço
3€ Crianças
7€ Adultos

Classificação etária
M/6

Info
Inserido na programação São Luiz Mais Novos
Para famílias com crianças a partir dos 10 anos


Partilhar

Créditos&nsbp;
Conceção, direção e coreografia Aldara Bizarro
Interpretação e cocriação Costanza Givone, Manuel Henriques
Investigação para a execução do gráfico e dos figurinos Ana Sofia Costa, Bruna Abreu, Catarina Guerreiro, Eduarda Ales Olivença, Joana Ló de Almeida, Tiago Pessanha e os professores Glória Oliveira, Ana Gonçalves, Nuno Almeida (Escola Artística António Arroio)
Aconselhamento luz Thomas Walgrave
Vídeo Catarina Santos
Coprodução Aldara Bizarro, Alkantara, São Luiz Teatro Municipal, Horta Seca - Associação Cultural
Residências artísticas OPART/Companhia Nacional de Bailado/Estúdios Victor Córdon - Programa em Trânsito, SMUP, Alkantara, Câmara Municipal de Lisboa
Agradecimentos Madalena Matoso
 Espectáculo anterior   Próximo espectáculo